Terreiro Grande

O Terreiro Grande é formado por jovens músicos da Zona Leste da cidade de São Paulo, que se conheceram em situações diversas, mas cujos bairros ou municípios origem, praticamente indicam as paradas da linha de trem que ruma para o extremo desta região, a mais populosa da cidade. Com traços típicos da mistura paulistana, do nordestino, negro, ao imigrante italiano, sempre tiveram como afinidade musical o samba e a partir daí inciaram um trabalho de pesquisa para cantar sambas esquecidos, de compositores igualmente esquecidos. Assim se definem em seu blog :”Terreiro é a grande reunião de sambistas, poetas, ritmistas, vagabundos, bêbabos, compositores, trabalhadores, músicos e tanta gente boa que circula entre nós”.
Com desconstração mas com seriedade e respeito, realizam um trabalho de pesquisa e resgate de sambas esquecidos criados por compositores importantes e tão esquecidos quanto, cujo trabalho merece ser relembrado.

Roda de Samba com Terreiro e Cristina em Paquetá, Rio de Janeiro – Diretor de Harmonia (Xangô da Mangueira e Jorge Zagaia)

Nessa perspectiva, realizaram shows, por exemplo, com a obra de Paulo da Portela (1901-1949) e em seu mais recente trabalho dedicaram a obra do carioca Candeia (Antônio Candeia Filho-1931-1978), um dos maiores compositores de samba da história.
Cristina Buarque de Hollanda, tradicionalmente ligada a projetos de pesquisa do samba, cantora e portelense de primeira, participou desse projeto, cantando e atuando decisivamente na sua divulgação. De choro aos tradicionais sambas de terreiro, a obra de Candeia é percorrida, sem que, para isso, seus sambas mais conhecidos sejam repetidos.
As apresentações geraram um documentário de Zeca Ferreira cujas primeiras sessões acontecerão durante a primeira edição no Brasil do Festival Internacional de Documentários Musicais – IN-EDIT Brasil.
São Paulo
30.06.09 – 14:00h – MIS
01.07.09 – 14.00h – HSBC Belas Artes
02.07.09 – 17.00h – Olido
Rio de Janeiro
12.07.09 – 19.00h – Cine Santa Teresa
Abaixo Cristina Buarque e o Terreiro (todos cantam):
Renato Martins (agogô ), Edinho (cavaquinho ), Roberto Didio (surdo ), Lelo (violão ), Luizinho (pandeiro ), Eri (caixa De fósforo ), Tuco (cavaquinho ), Jorge (tamborim ), Boca (voz), Wilson Miséria (prato e Faca ), Neco (reco-reco), Pereira (tamborim ), Careca (tamborim ), Cardoso (violão ), Alfredo Castro (cuíca ), Marcelo Cabeça (garrafa)

Barracão de Madeira (Colher)

Anúncios
  1. 11 de novembro de 2009

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: