SÃO PAULO UNDERGROUND

The principle of  intrusive relationship (Submarine Reconds) segundo álbum do grupo brasileiro São Paulo Underground foi eleito o melhor do ano de 2008 pela revista inglesa The Wire. Considerada a bíblia mundial da música improvisada, a revista promoveu a escolha a partir dos votos de 50 críticos especializados europeus e norte-americanos.

A banda foi criada em 2005 pelo trompetista norte-americano Rob Mazurek e três músicos paulistanos: Mauricio Takara (bateria) Guilherme Granado (percussão, samplers e teclados) e Richard Ribeiro (segunda bateria). Improvisando, combinando sons e idéias o trabalho do grupo procura aproximar-se da realidade da metrópole, registrando suas contradições e seus limites intangíveis. Como todo trabalho novo e experimental, no entanto, está à margem do rio corrente do grande público. Pior, segue ao lado de seus pares, sem agrupar a um público que se interesse pela estranheza provocada por essas e outras novas reflexões na música. Vale conferir o  artigo de João Marcos Coelho  publicado no jornal Estado de São Paulo. O incômodo é necessário para sair-se da letargia.

 

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: